© Miguel Ângelo Afonso / FAÍCC 2019

Bolsa Mórula - Residências Artísticas
Call for entries
Programa de Incentivo à Criação em Residência

A Mórula é uma atividade da Instável que tem vindo a crescer e a consolidar-se progressivamente ao longo dos anos. Promove a pesquisa, experimentação e criação artística de dança contemporânea, e destina-se a criadores emergentes naturais e/ou residentes na Região Norte, com criações de dança em fase de desenvolvimento.

O Programa de Incentivo à Criação em Residência serve de estímulo ao tecido artístico local, apoiando e impulsionando criadores de diversos níveis, na exploração coreográfica e maturação das suas ideias e intenções, mesmo antes de terem acordo de apresentação e/ou coprodução. É uma forma de favorecer as possibilidades de venda dos espetáculos e melhorar as abordagens dos criadores aos programadores.

Distingue-se de outras atividades de residência em Portugal pelo acompanhamento artístico que incentiva. O mentor não é imposto, mas uma escolha do próprio criador entre os seus contactos ou outras áreas artísticas ou científicas, complementares ou não. Este tipo de interação acontece naturalmente com muitos criadores que sentem a necessidade de receber feedback. A ação da Instável é promover que tal aconteça, incentivando a partilha, mantendo a abertura e a distância necessárias à criação, incentivando os criadores a terem um mentor organizado, prevendo uma bolsa para tal.

 

Bolsa

Os três projetos selecionados irão beneficiar de um conjunto de oportunidades:
– mentoria artística individualizada a selecionar a partir da bolsa de mentores propostos pela Instável (cada projeto terá 8 sessões de mentoria), no equivalente a 240€ por projeto;
– bolsa de apoio à criação no valor de 500€;
– apoio à produção, comunicação e venda do projeto, em articulação com outros projetos da Instável, nomeadamente, através da participação no programa Pulso – Apoio e Mentoria para Coreógrafos;
– acesso a estúdio nas instalações da Instável, para pesquisa, criação e trabalho, de acordo com a disponibilidade do espaço.

Envio de candidaturas até 15 de dezembro no formulário

Comunicação dos resultados até 8 de janeiro

Períodos para realização da residência artística para cada um dos projetos selecionados:
– de 24 a 28 de julho de 2023
– de 14 a 19 de agosto de 2023
– de 21 a 26 de agosto de 2023

 

Esta bolsa é acumulável com outros projetos de apoio e incentivo da Instável, com a exceção dos Palcos Instáveis – os projetos apoiados não podem ser os mesmos, mas criadores apoiados pelos Palcos Instáveis podem candidatar-se à bolsa com outros projetos.