© António M Cabrita

Audição Nova Criação / São Castro e António M Cabrita
Companhia Instável
Coprodução com o Teatro Municipal do Porto e Teatro Aveirense

TAKE é o título da nova criação de São Castro e António M Cabrita para a Companhia Instável. Integrada no projeto Nova Criação 2023, com coprodução do Teatro Municipal do Porto e Teatro Aveirense, é uma peça para cinco intérpretes que parte do som em contexto cinematográfico: “o som possui uma história em si e o corpo procura incessantemente por uma história”, referem na sua nota de criação.

Para a nova criação “Take”, procuram-se 5 intérpretes com idade superior a 20 anos, com fortes capacidades técnicas e artísticas. Serão consideradas e valorizadas a singularidade do intérprete, a aptidão para a interpretação e a capacidade de corresponder à linguagem coreográfica de São Castro e António M Cabrita.
Serão ainda selecionados em audição 2 estagiários para acompanharem o processo de criação.

Será feita uma pré-seleção dos candidatos, com base na experiência profissional e vídeo enviado. Os candidatos selecionados nesta primeira fase serão convidados a participar na audição presencial.

São Castro e António M Cabrita têm uma colaboração artística desde 2011. Ambos receberam o Prémio Autores 2015 da Sociedade Portuguesa de Autores, na categoria Melhor Coreografia / Dança com a peça “Play False” e foram nomeados para o mesmo prémio em anos seguintes. Algumas da suas peças estão consideradas pela imprensa nacional, entre as melhores peças do ano. Entre 2015 e 2017, colaboraram como intérpretes e coreógrafos com a Companhia Nacional de Bailado, para a qual criaram “Dido e Eneias”.

Em 2016 ambos foram distinguidos pelo Instituto Politécnico de Lisboa com a Medalha de Prata de Valor e Distinção. Entre 2017 e 2021 assumiram a direção artística da Companhia Paulo Ribeiro, como estrutura residente do Teatro Viriato.

Em 2019 fundaram a Play False Associação Cultural, tendo como objetivo ser a estrutura representante do trabalho autoral destes dois coreógrafos assim como, promover projetos multidisciplinares que fomentem o cruzamento de linguagens artísticas.

Encontram-se a frequentar o Mestrado em Criação Coreográfica e Práticas Profissionais na Escola Superior de Dança, IPL.

Data das audições:
Lisboa – 7 e 8 de janeiro no Centro Cultural de Belém
Porto – 21 de janeiro no Ginasiano, 22 de janeiro na Instável – Centro Coreográfico

Horário das audições – 9h00 às 18h30

Haverá uma entrevista após a audição.

Períodos de criação do projeto
– No Porto, de 28 de agosto a 21 de outubro (8 semanas, sem interrupção)

Apresentações confirmadas
21 de outubro de 2023, no Teatro Municipal de Ourém (estreia)
16 e 17 de Fevereiro de 2024, no Teatro Municipal do Porto
9 de março 2024, no Teatro Aveirense

Apoio
Centro Cultural de Belém